por Nanda Biot

Moi!

Mais uma artista que tive o PRAZER de expor no NOVO…

E continuo aqui!

ORGULHO!

E eis o trabalho apresentado no NOVO – Expressão de Moda, 2a. edição

Mais o mesmo ensaio:

A obra como um todo

Nos anos 30 Edward Steichen, Man Ray, Sarah Moon, Martin Munkasci, entre outros tratam a moda e a arte em conjunto.

O que de fato é significante para mim na fotografia em moda é o corpo se expressando de maneira plástica e visual. Quando ocorre um entrelaçamento entre a moda e a arte é possível alcançar uma linguagem, porém, o afastamento ocorre quando um meio não cresce com o outro e a linguagem fica entre um viés que não  as une como por exemplo a fotografia publicitária que tem um objetivo praticamente vago, praticamente apenas de casualidade. A fotografia em moda se utiliza da criação de um cenário, vestimentas e composições que possuem a finalidade de transpassar conceitos e idéias da situação do mundo. Assim como os artistas dos anos 30 citados nos faz compreender a mentalidade de uma sociedade.

A fotografia em moda é algo que contem muito mais significado, não é algo instantâneo como um simples retrato, mas um estudo sobre o comportamento humano.

As fotografias apresentadas se baseiam como fotografias de uma composição conjunta, o comportamento, o corpo e a cor se relacionam. Tenho como objetivo mostrar a união que existe entre as linguagens a partir da imagem. É uma tentativa de firmar esse laço de engrandecimento entre arte, fotografia e moda.

A moda faz parte da fotografia, são unidas por uma depender diretamente da outra e quando se unem com um propósito maior a arte entra em cena. Vejo a fotografia separada da moda quando a moda necessita apenas que a fotografia faça o papel de registro e não de linguagem para poder compor a obra em si.

Nesse trabalho mostro mais a moda que existe na fotografia, fazendo uma relação direta com o corpo e a forma, não existe tecido nem fundo nas fotografias. As formas são simples dotando da idéia de um corpo incompleto porém completo. Para deixar em evidência essa cumplicidade que acredito existir entre a moda e a fotografia senti necessidade de um plano branco, para que não houvesse interferência na percepção e também para que ficasse claro e que a imagem falasse por si só. Quanto mais simples mais fácil a compreensão de todos perante a minha idéia sobre a relação entre fotografia,arte e moda. A saturação do preto e branco estão presentes de forma com que a cor preta das fitas ficassem em evidência sobre o plano branco atrás marcando assim a silhueta e a forma corporal, item mais importante para mim entre a correlação entre a arte, moda e fotografia.

Como é uma exposição que tem o intuito de mesclar as diferentes linguagens existentes, dei importância para todas elas de uma maneira que fosse de fácil a percepção da cumplicidade que existe entre elas.

Se não for por um meio não atingiríamos aquilo que acreditamos ser hoje em dia, assim vale entender o meio como a fotografia e a arte como finalidade.

.

.

– NANDA BIOT

nanda.biot@hotmail.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 07/06/2010 às 12:11 AM e está arquivada sob Aplausos. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Uma opinião sobre “por Nanda Biot

  1. Giuliana em disse:

    má que coisa boa ver vc nesse profissionalismo todo, parabéns Fer….que sua vida seja sempre regada de sucesso..bjos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: